quinta-feira, 7 de julho de 2011

Bochecha roxinha...

O José Guilherme, que sempre foi um menino muito cuidadoso hoje resolveu aprontar mais uma.

Agora ele está com uma mania de brincar de se jogar para trás na minha cama e também no berço. Fico com o coração na mão, pois já tirou vários "finos" da grade do berço. Hoje não foi diferente. Estava ele sentado no sofá e mais que de repente, resolveu se virar para se jogar. Foi tão rápido que eu que estava sentada ao seu lado, não consegui segurá-lo e lá foi ele de cara no chão. 

Tomei o maior susto e ele o maior pancadão. Ainda bem que não foi nada grave, mas ele agora está exibindo um roxo na bochecha, ficou até bonitinho (nem sou uma mãe desnaturada), tentei tirar uma foto, porém isso é uma missão quase que impossível, pois agora ele já descobriu a tela que exibe as fotos na câmera e não pode ver eu ligando uma que corre em minha direção para pegá-la e ver o "neném"! rsrs

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Serelepando...


Se é que esta palavra existe. Mas o fato é que o menino que sempre foi um anjo, calmo, obediente, amorzinho, as vezes até fora de órbita de tão envolto em seus pensamentos, agora resolveu ligar o 220 W e sair pela casa descobrindo cada cantinho. Leia-se: cantinhos que não devem ser revirados. 

Hoje estava fazendo o jantar e deixei-o no quarto com seus brinquedinhos. Percebi que estava tudo muito silencioso. Como já aprendi que com criança SILÊNCIO = TRAQUINAGEM, fui dar uma espiada e... ele não estava no quarto. Como assim, tomou pó de pirlimpimpim? Nada disso, ele passou pela cozinha sem eu perceber, subiu os degraus que levam para a área de serviço, entrou no banheiro e estava lá, se refrescando com a água do vaso sanitário. Ai, ai, quase morri de susto. 

Depois, deixei-o assistindo o DVD da Galinha Pintadinha, que é uma espécie de hipnotizador instantâneo para crianças e continuei com os meus afazeres domésticos. Voltava para dar uma olhadinha nele e lá estava o menino, estático, olhando o DVD e fazendo algumas coreografias nas músicas que mais gosta. Então, resolvi deixá-lo por lá e fui estender roupa. Quando voltei, ele estava de pé no encosto do sofá, quase caindo para alcançar os fios do computador. Todas as almofadas jogadas no chão, revistas rasgadas, ou seja, acho que ele soltou uma bomba nuclear na sala. Juro que não foram nem 5 minutos e o estrago já estava feito! 

Quando me viu, abriu aquele sorriso como que dissesse: Olha mamãe, que legal o que eu fiz! rsrs

Já na casa da vovó, não podemos piscar o olho e deixar o portãozinho que colocamos na sala aberto que ele foge para a rua. Local que adora!!!

Mas na mesma medida das traquinagens, percebo que está cada dia mais esperto. Gosta de brincar de se jogar de costas na nossa cama e também de descobrir o que tem dentro das gavetas e, claro, pegar sempre o que não deve, como moedas, canetas, etc... Quando quer mamar ele vai até a gaveta de fraldinhas de pano, pega uma e vem para o meu colo pedindo para mamar (sempre mama com uma fraldinha na mão). 

Na hora do banho, tiro a sua roupa e ele vai sozinho até o banheiro. Já está tomando banho no chuveiro, sem a banheira e está adorando. Me ajuda a esfregar a barriga, os pés, as mãos, está uma gracinha, parecendo gente grande! (nem sou uma mãe babona!)

Abaixo uma foto que tiramos há 15 dias, quando fomos passear em Araguaia, numa época que o meu menininho ainda andava na linha! rsrsrs