terça-feira, 25 de outubro de 2011

Brincando de bonecas?

Estava eu navegando pelo blog da Angi (http://maedeguri.blogspot.com/ ) quando me deparei com um soteio gracinha. Estava sorteando junto com uma loja uma casinha de bonecas. A casinha é uma coisa fofa e logo pensei eu quero! Ops, o José Guilherme é menino e não brinca de bonecas! Peraí, não brinca? Como assim? Por que não?

Imediatamente veio à tona a minha criação machista em que eu ouvia constantemente: "isso é coisa de menino"... "a menina não vai pra rua, fica em casa ajudando a mamãe"... e a melhor frase de todas: "quando chegar as visitas você enxuga a louça (ou faça o café, ou sirva bolo...) para ela ver como você é uma menina caprichosinha..." Aff...

Não culpo a minha mãe de ter me dado esta educação, pelo contrário, agradeço por tudo que ela fez, pois do jeitinho dela, me passou todos os valores que me fazem ser o que sou. Valores justos e as vezes nem tanto, mas que me proporcionaram fazer minhas escolhas e ter minhas próprias criticas e também meus próprios valores.

Sei o quanto a brincadeira é importante para o desenvolvimento intelectual da criança é através do brincar que ela tem a oportunidade da experimentação para a vida, de demonstrar seus sentimentos, de fazer de conta...

O José Guilherme adora me imitar e quando pego uma vassoura, por exemplo, ele também pega uma e começa a "varrer" a casa. Quando estou lendo um livro ele pega um dele e também vai ler. Pega o Juquinha e me entrega para eu "amamentar" ou então ele coloca todos os amiguinhos que moram no seu berço para "nanar".

Então menininho da mamãe, fique à vontade para brincar de bonecas, de carrinhos, de bolas, de casinha, de fazer comidinha, de médico, de policia e bandido, enfim, do que você quiser... mas se você for sorteado com a casinha, deixa eu brincar um pouquinho também? rsrs

domingo, 23 de outubro de 2011

Domingo no Parque

Pois é, agora que o José Guilherme dorme menos vezes durante o dia, ficou mais fácil a gente fazer vários passeios. Neste final de semana estamos de molho em casa pois não para de chover e a única opção viável na Cidade Presépio e Região Metropolitana é o Shopping, então, imagina como deve estar cheio! É melhor ficar em casa curtindo o friozinho.

Porém no último domingo aproveitamos cada minutinho. Fomos visitar a Vovó Bisa no hospital, quer dizer, ficamos no jardim esperando o Vovô e o Papai fazer a visita, depois fomos para o Parque Pedra da Cebola. Esse é um lugar lindo que estava passando despercebido até que levamos o menininho para brincar um dia e... ele adorou. Agora sempre que temos um tempinho vamos lá e ele se acaba rolando na areia, vendo os patinhos, gansos, galinhas e toda espécie de penosas que ele adora.

Quando já estavamos indo embora encontramos com o priminho Bernardo chegando no parque, aí aproveitamos sua companhia por mais um tempinho.

Depois fomos visitar a vovó Maria e finalizamos com um lanche no Habibi's com a Titia Ramona e o Titio Evandro. Nem precisa dizer que o menininho capotou na volta para casa e foi dormir todo sujinho! rsrs



Já consigo subir no balanço sozinho!


Eu e o Priminho Bernardo


Ele não é uma fofura?

Com os titios Evandro e Ramona comendo um lanchinos super saldável!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Tagarelando...

Agora o José Guilherme está oficialmente inserido no mundo das palavras. Parece até um papagaio, não para de repetir tudo o que falamos. Se eu chamo o meu pai, lá vai ele atrás com o seu "achô Pai". Aí vem a minha mãe e chama o Almir (o meu pai) e o menininho vai novamente atrás com o seu "achô Almi".

Dia desses estava brincando com ele de falar: um, dois tres e já - aí ele repetia o "já", mas de repente ele continuou a contar até 10! Eu não havia ensinado isso a ele e fiquei encantada. Acho que ele apreendeu das musicas que cantamos com ele, como a do "indiozinho".

Hoje reparei ele acompanhando a música da Galinha Pintadinha, se antecipando ao final de cada frase. Quando cheguei em casa comecei a cantar, deixando sempre a última palavra de cada frase para ele completar e não é que ele completava? Algumas vezes um pouco errado, mas na maioria das vezes ele conseguiu falar a palavra todinha.

Quem será que esse menininho puxou tão faladeiro assim, já que eu sou TÃÃÃO tímida e quase não falo e o pai dele então, nem abre a boca! kkkkkk

Observação: Em homenagem a Vovó Bisa que chegou hoje do hospital (fez uma cirurgia pois havia quebrado o Fêmur) segue um vídeo com ele rezando. Mérito da Vovó Bisa que não para de ensinar ao menininho as orações!



segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Onde é que foi parar tudo???

Onde é que foi parar o copinho de suco do neném? Procuro na gaveta (onde é o lugar dele), no armário dos pratos, no armário das panelas, das tampas de plastico, nas tampas de panelas e nada. Acho que esqueci dentro da bolsa do neném, vou até lá e também não está. Três dias depois acho dentro do cesto de roupa suja...

Quando vou abrir a gaveta do meu criado mudo procurando uma caneta encontro também uma fralda de pano...

A minha chave da casa ficou sumida por 4 dias... estava debaixo do sofá!

Tem vários potes de plastico na gaveta de brinquedos e vários brinquedos na gaveta dos potes de plastico...

Na escada de acesso a nossa casa tem chinelos, tapetes e revistas espalhadas pelos degraus...

Brinquedos habitam todos os cantinhos da casa...

O que será que está acontecendo???

  • Será o Saci Pererê me pregando uma peça?

  • O São Longuinho revoltado por eu não orar por ele?

  • O Gnomo com fome esperando uma maçã na janela?

NADA DISSO!!!



É um menininho muito do danadinho ávido por novas descobertas, aventuras e experiências!


Parabéns pelos seus 1 ano e 7 meses de muitas peripécias que a mamãe adora!!!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Faxina baby express




Não é que o menininho resolveu agora ajudar a mamãe nos afazeres da casa? Logo eu que critico o trabalho infantil me deparo com o naniquinho com uma vassoura na mão varrendo (na verdade desvarrendo) tudo pela frente.

E não é só isso. Ele adora limpar tudo bem direitinho. É só ver algum pano ou fralda dando sopa que lá vai ele esfregar o chão, os móveis e tudo que estiver empoeirado. Quando deixo ele pelado e faz xixi no chão, também enxuga tudinho com a fraldinha de pano. Também ajuda a juntar os brinquedinhos na casa da vovó quando estamos nos aprontando para ir embora.

Mas na mesma proporção da faxina estão as baguncinhas, pois simplesmente adora pegar a minha cestinha de pregadores de roupa e espalhar generosamente pela área de serviço, espalhar brinquedos por todos os cantinhos da casa, pegar as tampas das vasinhas de plástico da cozinha e "guardar" no sofá da sala, além de tirar TUDO das gavetas, jogar no chão e brincar de nadar em cima das roupinhas cheirosas e passadinhas!